Advanced search

Ambassade du Luxembourg au Cabo Verde > Actualités > Declaração de Xavier Bettel após o falecimento de Sua Alt... >

Declaração de Xavier Bettel após o falecimento de Sua Alteza Real o Grão-Duque Jean

Published Tuesday April 23 2019

A declaração do Primeiro-Ministro Xavier Bettel após o falecimento de Sua Alteza Real o Grão-Duque Jean.

“Tenho o triste dever de vos anunciar o falecimento do Grão-Duque Jean aos seus 98 anos, ocorrido ontem à noite às 00h25. Trata-se de um momento difícil para todos nós, para o nosso país, para os Luxemburgueses e para todos os cidadãos do Grão-Ducado. Trata-se antes de tudo de um período doloroso e triste para a família Grã-Ducal, para o Grão-Duque Henri e para a Grã-Duquesa, para os filhos, netos e bisnetos do Grão-Duque Jean, bem como para os que lhe eram mais chegados.

Em nome do Governo e do País, devo exprimir as minhas mais sinceras condolências à família e desejar-lhes muita coragem nestes tempos difíceis.

O Grão-Duque Jean foi e continua a ser um símbolo do nosso país, da nossa história comum. Ele representa a assiduidade, a lealdade para com o país, bem como o amor e afeto profundos pelo seu povo.  O Grão-Duque Jean foi exemplo para todos nós e, graças ao seu serviço devoto, deixou o seu marco para todo o sempre.

Nascido a 5 de janeiro de 1921 no Castelo de Colmar-Berg, ele foi nomeado Grão-Duque herdeiro no dia do seu 18º aniversário. Jovem príncipe, comprometeu-se em favor dos nossos valores e das nossas convicções durante a Segunda Guerra Mundial e participou no desembarque da Normandia enquanto membro das Irish Guards em junho de 1944. Três meses depois, ele participou na libertação da Capital e ajudou a reconstruir o país após a Guerra e a restabelecer a estabilidade.

O Grão-Duque bateu-se pela nossa liberdade, pela nossa independência e pela unidade do nosso país; ser-lhe-emos eternamente gratos e faremos prova do mais elevado respeito perante tais feitos.

Entre 1964 e 2000, ele liderou o Luxemburgo. Durante esses 36 anos enquanto Chefe de Estado, o Grão-Duque acompanhou as grandes etapas da história do nosso país e guiou-nos nos momentos bons e menos bons. A sua dedicação à natureza e a sua função de Escuteiro-Chefe são bem conhecidos, o seu respeito pelos homens e pelos animais, o seu amor e o seu empenho em favor dos mais desfavorecidos da sociedade não serão esquecidos.

Eu convoquei um Conselho do Governo esta manhã, às 10h00, para discutir o desenrolar dos próximos dias. Reunir-me-ei com o Grão-Duque às 12h00 no Castelo de Colmar-Berg. O Funeral de Estado terá lugar no dia 4 de maio às 11h00 na Catedral.

Um pai de família deixou-nos hoje. Um grande homem de Estado, um herói, um exemplo – e uma pessoa incrivelmente gentil e generosa.”

Versão francesa

Back